• (11) 3078-8750 (11) 3078-4611
  • Rua Prof Carlos De Carvalho, 175 - Itaim Bibi
  • Horário de atendimento: Segunda - feira à Sexta - feira - 08:00 às 20:00

CATARATA: Sintomas e tratamento



A Catarata é uma das principais responsáveis pela cegueira no Brasil e de acordo com dados do Ministério da Saúde, são realizadas mais de 450 mil cirurgias para correção de Catarata por ano, o que é bastante significativo quando falamos de doenças oftalmológicas.

O nosso olho possui duas lentes, a córnea e o cristalino, e a função delas é convergir a luz que entra em nosso olho e direcioná-la para a retina, responsável por transformar os estímulos luminosos em impulsos nervosos que serão transmitidos ao nosso córtex cerebral, criando assim uma imagem.

Porém, nem sempre o grau de convergência dessas duas lentes combinam com o tamanho de nosso olho. Para que a imagem recebida pela retina seja nítida, essas lentes precisam estar transparentes. A perda da transparência normal ou opacificação do cristalino é chamada de Catarata.

O principal sintoma da Catarata é a dificuldade visual, mas existem outros como a visão embaçada, até o ponto em que o paciente só percebe a luz; mudança na percepção das cores; cansaço à leitura; dificuldade de noção de profundidade, visto que uma visão tridimensional precisa da fusão das imagens dos dois olhos, entre outros.

O mais importante de explicar é que a Catarata pode manifestar-se em qualquer pessoa, por uma série de outros motivos que não apenas a idade, embora essa seja a causa mais frequente. Diabetes, doenças infecciosas oculares, doenças congênitas, traumas oculares, uso de medicamentos indiscriminados (principalmente gotas nasais ou oculares com corticoide, corticoide injetável), entre outras causas, podem transtornar a função das células, precipitando o aparecimento da Catarata.

A Catarata pode ser curada com cirurgia, onde é removido o cristalino opaco para permitir a passagem da luz ao fundo do olho. Não existe nenhum colírio ou medicamento que possa devolver sua transparência e como nosso cristalino é uma lente, ao removê­-lá, nosso olho irá ficar com apenas uma lente, a córnea, por isso é necessário implantar uma Lente Intraocular (LIO) no lugar do cristalino opaco.

Tem algum parente ou conhece alguém que apresenta algum dos sintomas acima? Talvez seja preciso passar em uma consulta para identificar melhor estes sintomas.

Clique aqui para agendar sua consulta no CCO Jardins.