• (11) 3078-8750 (11) 3078-4611
  • Rua Prof Carlos De Carvalho, 175 - Itaim Bibi
  • Horário de atendimento: Segunda - feira à Sexta - feira - 08:00 às 20:00

Glaucoma: Mitos e Verdades

Glaucoma: Mitos e Verdades

Para todo tipo de doença existem alguns mitos que - se não forem ‘desmistificados’ - podem atrasar o diagnóstico preventivo, o que agravaria ainda mais um caso de uma doença incurável, como o Glaucoma. O Glaucoma é uma doença que acomete a visão e pode levar à cegueira, se não for tratado em tempo.

Diversos fatores podem causar, ou antecipar, essa doença, por isso é fundamental fazer um exame oftalmológico com frequência. Para tirar suas dúvidas sobre essa doença, vamos responder alguns mitos que existem sobre o Glaucoma.


O Glaucoma tem cura. MITO.
Não existe uma cura para essa doença, apenas tratamento. Por isso, a prevenção se faz necessária, através de visitas e exames frequentes ao oftalmologista.

É uma doença que só atinge pessoas acima dos 60. MITO.
Pessoas de qualquer idade podem desenvolver essa doença, que é mais comum após os 40 anos. Há outros fatores e risco, como o histórico familiar, uso de corticosteroides (em colírios ou por qualquer outra via), pessoas da etnia negra, alta miopia e, como principal, o aumento da pressão intraocular.

O Glaucoma pode levar à cegueira. VERDADE.
Se não for tratada, é uma doença que pode prejudicar sua visão aos poucos, até levar à cegueira total. Por ser uma doença assintomática, só poderá ser diagnosticada em exames.

É possível prevenir o Glaucoma. MITO.
Não dá para prevenir o Glaucoma, apenas diagnosticá-lo e tratá-lo. Se for identificado no início, as possibilidades de ter uma boa qualidade de vida serão maiores.

Dá para perceber os sintomas do Glaucoma. MITO.
O Glaucoma é uma doença assintomática na grande maioria dos casos, ou seja, não demonstra os sintomas. E justamente por isso é que se torna uma doença perigosa, pois quando você perceber os sintomas a doença poderá estar em um grau avançado.

Crianças podem ter Glaucoma. VERDADE.
Por mais que seja uma situação pouco frequente, existem casos de Glaucoma em crianças e adolescentes. Existem casos de Glaucoma congênito, quando o bebê já nasce com a doença.